DÚVIDAS CABEÇA #18 - Projetos Paralelos e Supergrupos, Fim do PS2 e Origem das Chaos Emeralds

FALA NAÇÃO SUPERSONICA!!!
Hoje, celebramos o dia da independencia dos Estados Unidos. E junto com ele, mais um episódio do "DÚVIDAS CABEÇA", hoje com temas que ainda não falamos anteriormente. Preparem-se pois o episódio de hoje tem muita informação super bacana pra você!

CHAOS EMERALDS
Sim! Essas "Esmeraldas do Caos" surgiram pela primeira vez no primeiro jogo do Sonic, em 1991. Mas vocês sabiam que eles foram inspirados nas lendárias DRAGON BALLs?
Coincidência ou não, a forma SUPERSONIC também foi inspirada em Goku, no LV Super Sayajin.
Portanto, qualquer semelhança entre SONIC e DRAGON BALL é mera coincidência. Ou será que não!?!?

SAYONARA PS2!!!
Eu ia falar sobre esse assunto em março, mas só agora tomei coragem de publicar. O PS2 parou de ser fabricado em Janeiro de 2013. O PlayStation 2 (oficialmente abreviado como PS2) foi o segundo console produzido pela empresa Sony, após o PlayStation original. Foi inicialmente lançado no dia 4 de Março de 2000 no Japão, no dia 26 de Outubro na América do Norte, e posteriormente, no dia 24 de Novembro de 2000 na Europa.
Após um lento primeiro ano, o PlayStation 2 cresceu a ponto de tornar-se o console mais popular da história dos videogames. Como anunciado pela Sony em 31 de Janeiro de 2011, o PlayStation 2 vendeu mais de 150 milhões de unidades, assim como há mais de 10,828 títulos disponíveis.
Depois de 13 anos desde seu lançamento, o jornal britânico The Guardian, anunciou que a Sony cessou com a produção dos consoles PlayStation 2 no mundo inteiro no dia 4 de Janeiro de 2013. Apesar disso, novos jogos continuam a ser produzidos e vendidos. O PlayStation 2 foi sucedido pelo PlayStation 3 em 2006.
O PlayStation 2 é compatível reversamente com praticamente todos os jogos de PlayStation 1, assim como com seus acessórios (controle, cartão de memória, etc). No entanto, alguns dos acessórios do PlayStation 1 irão funcionar apenas com jogos para o PlayStation 1 (por exemplo o cartão de memória), e apenas uma pequena parte da biblioteca de jogos deste é incompatível com o PlayStation 2.

PROJETOS PARALELOS E SUPERGRUPOS
E agora vamos falar sobre música!!! Se você ainda não sabe o que é um projeto paralelo, deixa eu falar!! Projeto paralelo é bastante comum no mundo da música. Às vezes uma banda só não é suficiente para expressar todo o talento e criatividade de um músico, seja por conta de imposições de outros membros, ou simplesmente pela necessidade de trabalhar com outros amigos ou experimentar um novo estilo. É por isso que vários integrantes de bandas populares no mundo inteiro ainda conseguem arrumar tempo para outras bandas, que se tornam os famosos "projetos paralelos", e que nada mais são do que uma alternativa para não precisar sair em carreira solo ou romper com o grupo que lhes deu fama originalmente. Veja a seguir alguns exemplos de membros de bandas famosas que também fazem parte de uma ou várias outras bandas, e com isso conseguem se manter satisfeitos musicalmente.

BLINK 182
Além do próprio blink, Mark Hoppus, Tom DeLonge e Travis Barker possuem outras quatro bandas, sem contar o projeto solo do baterista. O Box Car Racer é a parceria de Tom com o guitarrista David Kennedy e do próprio Travis. Já o +44 é formado por Mark e também por Travis, com os guitarristas Craig Fairbaugh (ex-Transplants) e Shane Gallagher (The Nervous Return). Travis ainda faz parte do The Transplants ao lado de Tim Armstrong (Rancid) e do rapper Skinhead Rob. Fecha a lista o Angels & Airwaves que Tom fundou com David também do BCR e outros dois músicos em 2005, como uma alternativa a pausa indefinida do blink-182.

LINKIN PARK
Chester Bennington também usa sua potente e marcante voz em uma outra banda, batizada de Dead By Sunrise. Além do vocalista do Linkin Park, a banda conta ainda com Amir Derakh, Ryan Shuck, Brandon Belsky, Elias Andra e Anthony "Fu" Valcic. Enquanto isso, a outra cabeça do LP, Mike Shinoda tem seu próprio grupo de hip-hop Fort Minor que inclui Ryan Patrick Maginn e Takbir Bashir, mas conhecidos por Ryu e Tak, que por sua vez integram a Styles Of Beyond. As duas bandas (Fort Minor e Dead By Sunrise) possuem cada, um álbum lançado: "The Rising Tied" de 2005 e "Out Of Ashes" de 2009, respectivamente.

GREEN DAY
Em 2003 Billie Joe Armstrong e Mike Dirnt resolveram experimentar um novo estilo de som. Eles então chamaram Tré Cool e Jason White para formar o The Network. Apesar deles tocarem disfarçados e adotarem codinomes para cada membro, a inconfundível voz de Billie Joe foi facilmente identificada pelos fãs. Assim como na The Network, o Foxboro Hot Tubs também é composto pelos três integrantes do Green Day com os guitarristas Kevin Preston e Jason White, e o tecladista Jason Freese. Em 2008 o Foxboro lançou seu primeiro álbum "Stop Drop and Roll!!!", sendo o primeiro single a faixa Mother Mary, que chamou bastante atenção na época por conta dos rumores de que se tratava de uma nova música do Green Day.

SLIPKNOT
A banda liderada pelo vocalista do Slipknot é na verdade a sua banda original. Corey Taylor fundou o Stone Sour em 1992 ao lado do ex-baterista Joel Ekram. Porém em 1997 a banda foi deixada de lado após Corey ter aceito o convite para integrar o Slipknot. Apesar de já ter várias demos lançadas desde a formação, o primeiro disco de estúdio só saiu em 2002, após a reunião do grupo depois de cinco anos em pausa. O Stone Sour conta com várias indicações ao Grammy ao longo da carreira e quatro álbuns lançados, sendo um deles gravado ao vivo. O último trabalho foi "Audio Secrecy" lançado em 2010.

Agora, vamos falar sobre os supergrupos.
Supergrupo ou superbanda é um termo usado para designar grupos musicais cujos membros já haviam alcançado previamente fama e respeito no cenário musical, com outras bandas ou em carreira solo. O termo deriva do título do álbum de 1983 Super Session, com Al Kooper, Mike Bloomfield, e Stephen Stills. Outro exemplo de um dos primeiros supergrupos é a junção de Crosby, Stills e Nash (que mais tarde se tornou Crosby, Stills, Nash e Young), dado o sucesso de suas bandas anteriores (The Byrds, Buffalo Springfield e The Hollies). O termo é às vezes usado de forma mais ampla para designar grupos com elevado sucesso comercial, que fizeram grandes concertos, independente do sucesso anterior de seus membros — em especial após o sucesso do Cream, cujo único membro já conhecido era Eric Clapton. Entretanto, quando corretamente empregada, a palavra se refere mais à "arquitetura" da banda do que aos resultados obtidos. "Supergrupo" também não costuma designar bandas cujos membros alcançaram fama individual após a criação da banda (como Genesis, Yes e Broken Social Scene). Também há aqueles que consideram que uma banda que recrutou um ou mais membros proeminentes poderia ser considerada um supergrupo, caso o nome da banda não se mantivesse (como o Van Halen após a entrada de Sammy Hagar e Gary Cherone). De qualquer modo, o termo não é uma categoria rígida e se tornou, ao longo do tempo, muito mais um termo de marketing. Supergrupos (stricto sensu) tendem a ser efêmeros, geralmente sem durar mais de um ou dois álbuns, talvez por causa da disputa de egos entre os integrantes. Além do mais, supergrupos costumam ser formados apenas para realizar um projeto, sem a intenção de serem permanentes.
Vou citar alguns exemplos:

Anos 60:
CREAM
CROSBY, STILLS, NASH & YOUNG
THE SUPER SUPER BLUES BAND
BLIND FAITH

Anos 70:
EMERSON, LAKE & PALMER
BAD COMPANY
JOURNEY
ROCKESTRA

Anos 80:
ASIA
POWER STATION
BAND AID
USA FOR AFRICA
DAMN YANKEES

Anos 90:
MR. BIG
TEMPLE OF THE DOG
ARCADE
FOO FIGHTERS
MAD SEASON
A PERFECT CIRCLE

Anos 2000:
JAM PROJECT
AUDIOSLAVE
VELVET REVOLVER
OYSTERHEAD
ALTER BRIDGE
TRIBALISTAS
PLUS 44
ANGELS & AIRWAVES
THEM CROOKED VULTURES

É isso pessoal! Mês que vem tem um novo Dúvidas Cabeça aos "Legendários" do LSH! Até lá!!!

Fonte: Vagalume e Wikipedia

Postagens mais visitadas