UM POUCO SOBRE... Sailor Moon

SALVE WOTAS DE PLANTÃO!!!
Como já disse no finalzinho de meu projeto "Sonic Generations", hoje o tema dese quadro será um anime que fez um sucesso aqui no Brasil. Estamos falando de Sailor Moon, que estreou na gloriosa e falecida Rede Manchete em 06/05/1996 e passou também pela Rede Record e Cartoon Network. Hoje é dia de garotas mágicas no LSH, vamos nessa!

O INÍCIO
Em 1991, começam a ser publicadas as histórias de "Codename: Sailor V" na revista Nakayoshi, o que seria a origem das Guerreiras da Lua. Pouco tempo depois, aproveitando-se do mangá de Sailor V, a autora Naoko Takeuchi começou a criar os esboços daquela que seria seu grande sucesso. Em fevereiro de 1992, saiu o primeiro capítulo do mangá "Bishoujo Senshi SailorMoon" e rapidamente a Toei Animation (juntamente com Takeuchi) deu carta branca para a produção do anime mas, su criadora não esperava o sucesso que teria SailorMoon enquanto novos capítulos eram lançados. Em 07/03/1992, na TV Asahi (a mesma emisora onde se exibe a franquia Super Sentai), estreia o anime de SailorMoon, e imediatamente, a música de abertura "Moonlight Densetsu" se torna a marca registrada do anime (apesar de ter inspirado na música "Sayonara no Dance wa ato ni" da cantora Chieko Baisho). Aos poucos, vários fãs japoneses (entre eles a atriz do live-action Miyuu Sawai e a futura atriz de SeraMyu, Satomi Okubo) foram acompanhando momentos emocionantes cheios de ação, aventura, magia e romance.
O anime durou quase cinco anos no ar e teve 200 episódios divididos em cinco temporadas: Sailor Moon, que compreende os primeiros 46 episódios, Sailor Moon R ("Return"), do episódio 47 ao 89, Sailor Moon S (Super), os episódios 90 a 127, Sailor Moon SuperS (Super Senshi), os episódios 128 a 166 e Sailor Moon Stars que compreende os capítulos 167 a 200. Com o sucesso do anime, vieram um monte de bugigangas como jogos de videogame, musicais, action figures/gashapons, e outras coisinhas mais. O mangá teve 18 volumes publicados entre 1992 e 1997, mas ganhou uma versão deluxe em 2003 após a estreia do live-action, com 12 volumes. É essa a versão deluxe que será lançada aqui no Brasil pela editora JBC, previsto para o lançamento no final de 2013. A maior parte dos jogos de SailorMoon foram lançados no Japão para SNES, mas teve também jogos lançados para Mega Drive, PC Engine, PSX, Sega Saturn, 3DO, Arcades e por último o Nintendo DS (com o jogo La Luna Splende, de 2011), e alguns fãs fazem campanha para que a Bandai Namco faça pelo menos novos jogos de SailorMoon para 3DS ou WiiU.
A produção teve direção de Junichi Sato o qual dirigiu também Kaleidostar outro anime de relativo sucesso. Como curiosidade, Tadano Kazuko, desenhista de personagens da série, informou que ao final da primeira fase (Sailor Moon) milhares de mães japonesas ligaram para os estúdios querendo saber se haveria continuações, preocupadas com suas filhas que não mais se alimentavam corretamente e, além disso, foram necessários muitos cortes para a exibição nos Estados Unidos, inclusive de toda a última parte da série. No Brasil, foi exibido pela Rede Manchete, Rede Record e Cartoon Network. Alguns episódios das fases Classic e R já saíram em VHS e DVD pela Flashstar. A fase S dfoi lançada em DVD em 2011 pela CD&DVD Factory. Em 2009, a Toei começou as negociações para o relançamento mundial de Sailor Moon. A reestreia oficial aconteceu em 1 de Setembro, no Animax do Japão, e depois se seguiu para o resto do mundo. A Itália foi o 1º país (sem contar o Japão) a reexibir o anime. Depois, o relançamento seguiu para a Albânia, México, Peru, Portugal e alguns países da América Latina. A versão norte-americana foi re-licensiada, desta vez, nas mãos da Funimation, detentora dos direitos de Dragon Ball Kai no ocidente.

DUBLAGEM
A primeira temporada do anime estreou em 6 de Maio de 1996 pela extinta Rede Manchete e contou com uma dublagem feita pela Gota Mágica. Naquela época, o único meio de saber sobre animes era com revistas especializadas da década de 1990, como “Herói”, e a escolha das vozes foi feita com base nas masters vindas do México. A temporada “Classic” ficou no ar até fevereiro de 1997, retornando em Novembro de 2010 pela RBTV, mesmo que as fitas com a dublagem da Gota Mágica estejam perdidas nos arquivos da Rede Manchete. Destacam-se na dublagem da Gota Mágica: Marli Bortoletto (Serena/Moon) que também interpretou Patrine, Josie/Liza (Mundo de Beakman) entre outros, Isabel de Sá (Makoto/Jupiter) que também ficou conhecido por dublar Jesse (Pokémon), Letícia Quinto (Naru), Hermes Baroli (Umino), Cásius Romero (Darien/Tuxedo Mask) e Welligton Lima (Kunzite). A partir da fase R (exibido no Cartoon Network e Rede Record), o anime passou a ser dublado na BKS, com mais contras que prós: trocaram os dubladores, readaptaram a trilha sonora (que ficou mantida durante as temporadas seguintes) e até os golpes das Sailor Senshi. Os principais destaques na dublagem da BKS são a Daniela Piquet (Serena/Moon) que também dublou Sakura (Sakura Card Captors) e Sunny (Sunny Entre Estrelas), César Marquetti (Darien/Tuxedo Mask/Endymion) que também dublou Ebisu (Naruto) e Nabeshin (Excel Saga), Melissa Garcia (Ami/Mercury) que dublou Téa (Yu-Gi-Oh), Denise Reis (Rei/Mars) que também fez a Ikuko na dublagem da Gota Mágica e Márcia Gomes (Luna) que também dublou a Miho Asakuza (Cybercops). A dublagem da BKS (referente a fase S) será mantida no lançamento em DVD (pela CD&DVD Factory), por decisão da Naoko Takeuchi (o que resultou em uma polêmica). Outro fator crucial é o erro de adaptação do termo “Sailor Senshi” (Guereiras Sailors). A partir do episódio 47 (O primeiro da fase R), é citada o termo “Sou uma Sailor Moon” visto que o correto é “Sailor Senshi”, e o erro praticamente ficou mantido até a temporada final, exceto a fase Classic porque não foi confirmada.

A VERSÃO LIVE-ACTION
Em 2003, a Toei resolve fazer uma versão live-action intitulado "Pretty Guardian SailorMoon" que estreia na TBS TV em 04 de outubro. Foi uma verdadeira usina de talentos que revelou grandes atrizes como Miyu Sawai (Moon), Keiko Kitagawa (Mars) e Ayaka Komatsu (Venus). E foi um time de peso, que também contou com Chieko Kawabe (que também fez a Mercury no SeraMyu) interpretando a personagem Naru Osaka. E a produtora acertou em adaptar o final do mangá para um (encantador) Special Act digno de um conto de fadas, que conta a história do casamento entre Serena e Darien (o protagonista principal da série) que pode ruir por causa de uma rival chamada Mio Kuroki (Alisa Durbrow). Outro ponto importante foi a união entre a história e os elementos do SeraMyu pois cada personagem tem suas próprias músicas (incluindo o anime). A base para o live-action foi o primeiro arco do mangá original. Conta a história de Usagi Tsukino, uma garota de 14 anos, que ao encontrar a gata Luna, ganha o poder de se transformar em uma bela guerreira com poderes místicos, Sailor Moon. Depois pouco a pouco ela vai encontrando suas companheiras, Ami Mizuno (Mercury), Rei Hino (Mars), Makoto Kino (Jupiter) e Minako Aino (Sailor V/Venus). Juntas elas irão procurar a princesa da Lua, Serenity, e o sagrado Maboroshi no Guinzoshou. Contando com a ajuda de Tuxedo Mask, elas irão ter de lutar juntas contra a maligna organização das trevas Dark Kingdom, composta pelos 4 Shitennou, Queen Beryl e Queen Metallia. A música tema da série é “Kirari * Sailor Dream”, interpretada por Nanami Yumihara, uma consagrada cantora de J-Pop, sob o apelido Sae. A série mistura comédia, ação, aventura, fantasia, drama e romance. Teve também um show especial interpretado pelas atrizes, Kikari Super Live, um vídeo de dança, e dois especiais de vídeo. Pra completar, PGSM conta também com um outro episódio especial que é o Act Zero, contando como surgiu a Sailor V, e se passa antes do início da história do anime e live-action.

Um grande mal formado pela Rainha Beryll e seus quatro generais, além do poder supremo da Rainha Metallia tenta roubar a energia dos humanos para que ela possa dominar o mundo. No time principal das Sailor Senshi temos: Usagi Tsukino, a líder que no início não gostava muito de lutar, mas depois se acostumou com a missão de salvar o Milênio de Prata. Ami Mizuno é uma estudante que sonha em ser médica e é uma das principais companheiras de Usagi (a Sailor mais conhecida no Japão). Rei Hino é uma sacedortisa que vive meditando em seu templo e sua relação com o seu pai (que é um político) não é nada agradável. Makoto Kino vive sozinha depois que os pais morreram mas passa a entender o valor da amizade após conhecer as Sailors. Minako Aino é uma cantora de J-Pop famosa em todo o país e também conhece Usagi de forma inusitada, em um quarto de hospital. No live action, Minako é a única a morrer tragicamente (EP 47) após sua cirurgia complicada. As guerreiras são ajudadas por dois mascotes, Luna e Artemis, além de Tuxedo mask, um ladrão de jóias que está à procura do lendário Cristal de Prata, tendo um certo interesse por Sailor Moon. No decorrer da série, Metallia e Sailor Moon se tornam poderosas a ponto de acontecer um conflito que pode resultar na destruição do planeta Terra. Esta série apresenta novos personagens em comparação ao mangá e anime, como Hina, a noiva de Mamoru Chiba, Sailor Luna, a versão humana de Luna, Kuroki Mio, a sombra da Queen Beryl, Dark Ami/Dark Sailor Mercury, Ami/Sailor Mercury maligna e Princess Sailor Moon, uma versão mais poderosa e violenta da guerreira da Lua, e exclui outros, como a Sailor Uranus, a Sailor Saturn, a Sailor Neptune, a Sailor Pluto, a Sailor Chibimoon e a Sailor Chibichibimoon.

PGSM é uma releitura da primeira temporada do anime de Sailor Moon, com isso, podemos notar diferenças entre o mangá e o anime. A história é focada no lado sentimental das personagens e sua conexão com o seu passado, além das sequências de ação feits por dublês da G-Rockets e da Japan Action Enterprise. Os primeiros episódios foram baseados diretamente da história do anime e do mangá, já que Sailor Jupiter entrou no episódio 06 por conta própria. A relação entre Usagi e Rei no live action é mais amigável que o anime, entretanto com alguns desentendimentos. Uma das maiores mudanças no live action é o de Minako Aino, que além de uma Guerreira Sailor, é uma famosa cantora pop. Nos primeiros episódios, ela se apresentava como Sailor V, referindo-se à sua dupla vida na sua música, tanto que uma de suas músicas mais famosas, “C´est La Vie” possui a mesma pronúncia da personagem (em japonês). Para dar um ar a mais na história, algumas atualizações foram feitas na série (como o surgimento das redes sociais como o Orkut e o Twitter) para adequar-se ao mundo moderno. No anime, encontramos cenas envolvendo a Ami e as fitas K7. Na nova versão, foi substituída pelo MiniDisc. Além diso, cada Sailor ganhou “Celulares-Câmera” e braceletes de transformação (exceção de Sailor Moon, com seu tradicional Broche-Pingente). Com a nova adaptação, surgiram novos personagens como Sailor Luna, Dark Sailor Mercury e Princess Sailor Moon. Para completar, uma nova antagonista, Mio Kuroki, foi introduzida na série. Mio Kuroki é uma das principais antagonistas da série, interpretada por Alisa Yuriko Durbrow, aparecendo pela primeira vez no episódio 29. Mio é uma garota estranha e manipulativa que se junta à Usagi em sua escola. É uma cantora pop que se rivaliza com Minako e pretende se tornar amiga de Usagi fazendo de tudo para que possa causar a tristeza de Sailor Moon. No entanto, Minako suspeita que Mio é uma agente que trabalha para o Dark Kingdom e avisa para que Uagi fique longe de Mio, que insiste em fazer Sailor Moon sofrer cada vez mais para ver suas verdadeiras intenções.
Por conta de uma trégua, ela continua a ter várias chances até que Minako ficase cada vez mais fraca, com isso, Mio se disfarça como amiga de Usagi para raptar Mamoru e levá-la para a Rainha Beryll, que o mataria caso Mio não se juntsse ao Reino do Mal. Neste instante, Mio se revela como parte da Rainha Beryll para tentar destruir Usagi. Após o rapto de Mamoru, sua principal tarefa é vigiar Mamoru para servir-se à Beryll. Seus únicos poderes envolvem controles mentais e teletransporte. Na parte final da série, Mio é assassinada por endymion e Metallia, mas ela revive para uma última aparição no “Special Act”. Mais uma vez, rapta Mamoru, desta vez, com a intenção de se casar com ele e criar um novo Reino da Escuridão. Ela é confrontada e atacada pelos Generais que foram revividos, forçando-a se transformar numa planta gigante. Sua última forma foi derrotada pelas Sailors (com exceção de Sailor Marte, que estava hospitalizada), usando uma combinação entre o Cetro Lunar e o poderoso golpe “Sailor Planet Attack”. Depois de ser revivida no “Special Act”, ela ganha mais poderes, podendo restaurar objetos surgindo do ar, e até criar monstros de chamas. Ela também invoca legiões de palhaços para conseguir mais energia dos humanos, criando réplicas dos Generais, e pode até se ransformar em uma planta gigante. Em um momento, ela interrompe uma transmissão de TV para anunciar que ela está tomando o controle do mundo.

MUSICAIS
Pegando onda no sucesso do anime, também temos os musicais da série SeraMyu, que teve início em 1993 e durou até 2005, mas depois de oito anos de hiato, em setembro de 2013 estreou o novo musical "La Reconquista". E assim comk o PGSM, foi em SeraMyu que vimos mais uma usina de talentos que foram revelados. Anza Ooyama (a primeira Usagi) atualmente é vocalista da banda Headphones President. Chieko Kawabe (Ami/Mercury) se destacou na carreira musical e também fez parte do elenco de PGSM interpretando Naru Osaka. Shoko Nakagawa também é outra atriz de destaque nos musicais e não podemos esquecer de Miyuki Kanbe (1984-2008), uma das mais queridas em todos os musicais. La Reconquista é o primeiro SeraMyu em oito anos e terá um elenco praticamente feminino, pois a atriz que interpretará Tuxedo Kamen já participou de vários musicais do Takarazuka. E boa parte do elenco do novo musical já assistiu o anime de Sailor Moon. O elenco foi apresentado ao público em 04/08/2013 durante um evento especial e algumas músicas novas foram apresentadas em um evento especial durante o Animelo Summer Flag Nine.
Sera Myu é a abreviação para "Sailor Moon Musical" na fonética japonesa. Começou a ser apresentado no Japão no verão de 1993, com o elenco principal composto pelo grupo de J-pop Sakkurako Club. Diferentemente do que muitos pensam, Sera Myu só possui 3 estágios e não 4. Cada estágio representa a série completa de Sailor Moon. A única atriz a interpretar um estágio inteiro foi Anza Ooyama, a primeira a interpretar a protagonista Sailor Moon. Ela se manteve no papel até 1998, o final do primeiro estágio. Depois, foi substituída pela atriz Fumina Hara, que estrelou parte do segundo estágio. A terceira atriz a interpretar a protagonista Sailor Moon foi Miyuki Kanbe, que também estrelou parte do segundo estágio e finalmente, a quarta e última atriz a interpretar Sailor Moon foi a ídolo japonesa Marina Kuroki, que estrelou o fim do segundo estágio e começo do terceito. No total foram mais de 800 apresentações, sendo que no verão estreava a primeira versão da história e no inverno seguinte era apresentada a versão revisada. O ultimo musical foi apresentado em 2005, Shin Kaguya Shima Densetsu Kaiteiban. Em junho de 2013 foi anunciado pelo editor do mangá, Fumio Osano, uma nova montagem do musical em comemoração aos 20 anos da franquia Sailor Moon. O espetáculo se chamará "Musical Pretty Guardian Sailor Moon: La Reconquista" e tem programadas 16 apresentações entre 13 e 23 de setembro de 2013 no AiiA Theater Tokyo em Shibuya. Ele afirmou que Naoko Takeuchi escolheu as atrizes pessoalmente nas audições. O musical terá Satomi Ōkubo como Sailor Moon, Miyabi Matsuura como Sailor Mercury, Kanon Nanaki como Sailor Mars, Yū Takahashi como Sailor Jupiter, Shiori Sakata como Sailor Venus e Yūga Yamato como Tuxedo Mask, sendo a primeira vez que todos os personagens, incluindo os masculinos, serão interpretados por mulheres. O musical terá uma nova história, a única do mangá que ainda não tinha versão musical, recontando a batalha entre as sailors e o Dark Kingdom pelo Cristal de Prata. Takuya Hiramitsu (Diretor do SeraMyu de 1995 a 1998) está produzindo, escrevendo e dirigindo o novo musical com músicas de Toshihiko Sahashi. Dwango e Nelke Planning estão co-produzindo o musical. Os ingressos custam 6800 ienes cada.

O CONCEITO
Os uniformes de SailorMoon foram inspirados no seifuku (uniforme escolar japonês), pois de acordo com Fumio Osano (vulgo Osa-P), esse tipo de roupa torna a mulher muito delicada e sexy. Uma feliz comparação entre SailorMoon, AKB48 e os Seifukus já foi feita no quadro DÚVIDAS CABEÇA aqui no LSH. Inicialmente, foi proposto um anime de Sailor V mas Naoko Takeuchi escreveu uma nova história baseada em Super Sentai e com Usagi Tsukino como protagonista, surgindo assim Bishoujo Senshi SailorMoon, e com isso a Sailor V se tornou a Sailor Venus. Isso ficou bem claro que Minako Aino foi a primeira Sailor Senshi a aparecer (Sailor V) mas se tornou a quinta guerreira a se juntar ao time. Mas não para por aqui. A protagonista Usagi Tsukino foi inspirada em uma lenda japonesa, alem da mitologia romana. O mangá de Sailor Moon é do género shojo, mais especificamente, mahou shoujo. A série principal foi publicada na revista Nakayoshi (Kodansha) de 1992 a 1997. As histórias paralelas foram publicadas na revista Run Run da mesma editora. A criadora, Naoko Takeuchi, teve a ideia porque queria criar uma série sobre garotas do espaço. O seu editor pediu-lhe para colocá-las em sailor fuku, tradicional uniforme escolar japonês do início do século XX, o que resultou em Codename wa Sailor V, que é considerado uma prévia de Sailor Moon. Quando esse mangá foi escolhido para se tornar um anime, Takeuchi decidiu fundi-lo com elementos do gênero sentai, particularmente o conceito de um time de cinco heróis, transformando o mangá em Bishoujo Senshi Sailor Moon, com uma nova personagem principal. Assim, Usagi e suas amigas surgiram. Após o fim da primeira série, Takeuchi foi surpreendida quando lhe pediram para continuar a escrevê-la, o que deu origem aos quatro arcos seguintes da história.

OS PERSONAGENS PRINCIPAIS

SAILOR MOON (SERENA TSUKINO)

A personagem principal da série, Serena/Bunny é uma estudante folgada, com um coração de ouro. Ela transforma-se em "Sailor Moon", guerreira que luta em nome do amor e da justiça.A lua em japonês é "Tsuki".Serena passa a ser a gostar do Mascarado,fica logo corada quando ve ele. Ela precisa esconder seu segredo de se transformar em "Sailor Moon" para que não seja revelado.

SAILOR MERCURY (AMI MIZUNO)
A amiga mais inteligente de Usagi. Ela transforma-se em "Sailor Mercúrio", tem os poderes da água e sonha em ser médica, como sua mãe. a água é o penúltimo elemento da astrologia chinesa e mercúrio em nihongô é suisei e significa em português, o planeta da água ou a estrela da água.

SAILOR MARS (REI HINO)
Uma sacerdotisa que estuda em uma escola particular só para meninas. Ela transforma-se em "Sailor Marte", com poderes de fogo. Muito forte, decidida e um pouco arrogante. Adora íncomodar Usagi, mas no fundo são boas amigas. o fogo é o primeiro elemento da astrologia chinesa, o planeta marte em nihongô é kasei e significa em português, o planeta do fogo ou a estrela de fogo.

SAILOR JUPITER (MAKOTO KINO)
A mais alta e a mais conflituosa do grupo que mora sozinha, porque seus pais morreram em um acidente de avião. Ela transforma-se em "Sailor Júpiter", com poderes de trovão, luz, céu e árvore. É uma ótima cozinheira. a madeira é o último elemento da astrologia chinesa, o planeta júpiter em nihongô é mokusei e significa em português, o planeta da madeira, estrela da madeira ou planeta da planta.

SAILOR VENUS (MINAKO AINO)
Ela agia por conta própria como "Sailor V" antes de juntar-se às outras guerreiras Sailor. Ela transforma-se em "Sailor Vênus", guerreira do amor e da beleza. Junto dela está o guardião Ártemis. Ela Usa poderes metálicos e de luz. o metal é o terceiro elemento da astrologia chinesa, o planeta vênus em japonês é kinsei e significa em português, planeta metálico ou a estrela metálica.

E agora, pra matar a saudade vamos relembrar a abertura da primeira temporada que foi ao ar pela Manchete. Ficamos por aqui e a gente se vê no próximo!!!


Textos extraídos da Wikipedia. Tentamos não falar spoilers sobre a história do anime pra não estragar o encanto, tem que assistir.
Veja também o nosso let´s play da versão para arcades do jogo de Sailor Moon

Postagens mais visitadas